O grande desafio precisa ser cumprido.

Atualmente, corporações buscam cada dia mais se desenvolver e crescer no mercado. Mas, em um mundo onde os recursos são finitos, esse crescimento deve avançar de forma consciente, responsável e principalmente transparente, de modo a promover um desenvolvimento sustentável. Devemos ter plena consciência de que os produtos que vemos nas prateleiras, passaram por um complexo processo para estar ali, e é nesse momento que o questionamento surge: as cadeias produtivas desses produtos, do produtor ao varejo, estão alinhadas com as normas socioambientais e com os protocolos sustentáveis?

Os protocolos desenvolvidos buscam entender profundamente como as diversas cadeias produtivas impactam o meio ambiente, e a partir dessa análise, designar objetivos que devem se tornar um dos pilares das organizações envolvidas. Um dos tratados mais relevantes atualmente foi nomeado NY Declaration on Forests 2020 (NYDF), que envolve mais de 50 países, governos nacionais, governos subnacionais e grandes empresas multinacionais, como Danone, Procter & Gamble, L’Oreal, Johnson Johnson e Mars. É uma declaração internacional voluntária e não vinculativa para tomar medidas para deter o desmatamento global. Surgiu do diálogo entre governos, empresas e sociedade e foi endossada na Cúpula das Nações Unidas para o Clima, na cidade de Nova York em 2014. O objetivo proposto foi de reduzir pela metade o desmatamento tropical até 2020 e finalizá- lo até 2030. A NYDF também pede a restauração de 150 milhões de hectares de paisagens e florestas degradadas até 2020 e 350 milhões de hectares até 2030.

Na teoria, objetivos bem traçados, na prática – o passo é outro. O desafio é grande, uma vez que a compreensão da realidade ainda é muito distorcida para muitos. O desenvolvimento de uma visão a longo prazo e de uma maior sensibilidade a causa, é extremamente crucial em organizações que influenciam direta e indiretamente no meio ambiente.

O nível de conscientização e atitude deve corresponder à magnitude do problema; A Agrotools, empresa que entrega soluções digitais para o mundo corporativo do agronegócio, a partir do conhecimento profundo do agro, uma base de dados robusta e tecnologia própria, desenvolveu uma solução denominada BRAND. Com um intenso monitoramento em conjunto com uma brilhante interpretação dos dados colhidos torna- se possível transformar a cadeia produtiva em percepção de valor e venda e proteger de forma íntegra o maior ativo de uma empresa: sua própria marca.

Mais para explorar