A sustentabilidade também é tech

Agrotools foi a primeira AgTech certificada pelo Sistema B no Brasil.

Na semana em que celebramos o Dia Mundial Da Terra o tema não poderia ser outro se não sustentabilidade. Em campanhas e conteúdo as empresas aproveitam o ensejo mundial para tratar desse assunto tão urgente, e sobre isso que escrevo hoje.

Líder global em soluções digitais para o agronegócio, a Agrotools foi a primeira AgTech certificada pelo Sistema B no Brasil. Quem conhece o Sistema B – ou B Corporation – sabe que a organização sem fins lucrativos é uma das mais sérias instituições em certificar empresas que mantém o equilíbrio entre propósito e rentabilidade. Sua proposta de valor é simples e direta: por uma economia onde o sucesso seja medido pelo bem-estar das pessoas, das sociedades e da natureza. E é exatamente nisso que a Agrotools acredita.

O agronegócio é uma das principais bases de desenvolvimento econômico no Brasil, o que gera a necessidade de conectar o território rural com o mundo dos negócios de forma digital e prática. Como uma empresa de tecnologia voltada para o agronegócio, está no nosso dia a dia e monitorar áreas de desmatamento, unidades de conservação, condições justas de trabalho no campo, terras indígenas, áreas embargadas e outros critérios socioambientais que fazem toda a diferença para que o agronegócio seja sócio-ambientalmente positivo para quem depende dele, fornece para ele ou até mesmo, o fomenta.

Foi natural então que buscássemos esse endosso do Sistema B, acreditando que estamos criando soluções para fazer a diferença, levando, entre outras coisas, mais transparência para as transações, um dos quesitos principais para ser Empresa B.  Ser uma empresa B implica satisfazer os mais altos padrões de desempenho social e ambiental, transparência e responsabilidade empresarial.

Ao virar Empresa B, assumimos o compromisso de demonstrar que as empresas podem ser agentes de mudança e contribuir para a solução dos grandes problemas sociais e ambientais eque temos a convicção de sermos melhores PARA o mundo. Não à toa o processo é longo e extremamente detalhado, nem todas as empresas que buscam o “selo” atendem padrões para poderem se certificar.

Não é fácil como negócio buscar atingir todos esses padrões, assumir o compromisso de melhoria constante, legal e de longo prazo que o Sistema B propõe. Não é simples. Mas acreditamos ser necessário. A mudança é urgente, e deveria ser pauta prioritária em qualquer modelo de negócio, principalmente, os de grande impacto. E é isso que a Agrotools busca hoje, almejar ao mesmo tempo os impactos econômicos, sociais e ambientais (triplo impacto).

 

Mais para explorar

Agrotools & GPTW

Recentemente fomos certificados como Great Place to Work A AgroTools nasceu para criar soluções tecnológicas que aproximem territórios agrícolas dos centro de